Painel do tamanho de um laptop ilumina zona rural da África

Sophie Mongalvy, da Bloomberg

Erasmus Wambua já não tem desculpa para não fazer a lição de casa.

Antigamente, o jovem de 18 anos tinha que procurar luz em outro lugar quando acabava o querosene em sua casa, desconectada da rede de energia, na cidade de Ndela, 80 quilômetros a leste da capital do Quênia.

Isso mudou desde que sua mãe, Rebbeca, assinou contrato com a M-Kopa, uma fornecedora de sistemas de iluminação solar com sede em Nairóbi.

A mãe, de 35 anos, conta que estava pagando 100 xelins (US$ 1) por dia pelo querosene. Ela diz que sua despesa diária, desde então, caiu para 42 xelins por dia.

O painel solar do tamanho de um laptop e a bateria geram cerca de 8 watts de energia, suficientes para acender duas lâmpadas de LED.

A M-Kopa está usando a tecnologia para tornar os painéis solares acessíveis em um país onde duas de cada três pessoas não têm acesso à rede de energia. Até o momento, cerca de 230.000 pessoas assinaram contrato com a empresa.

“O número está aumentando muito rapidamente”, diz Julian Mitchell, diretor de chamadas e operações de crédito da M-Kopa. “Em um dia normal, vendemos algo em torno de 500 unidades”.

Os clientes fecham acordos para pagar os painéis solares em parcelas regulares. A M-Kopa monitora os pagamentos efetuados usando um serviço de transferência de dinheiro por meio de telefones celulares.

Se os pagamentos não são realizados, o painel é desativado por meio do cartão SIM. Quando acabam de pagar o painel, os clientes ficam com ele.

Ao anoitecer, enquanto Rebecca conversava, Erasmus voltou para casa depois de recolher as quatro vacas da família, entrou e acendeu a luz.

“Isso está nos ajudando”, diz Rebecca. “De noite meus filhos podem ler e fazer a lição de casa”.

Fonte: Exame Abril – http://exame.abril.com.br/tecnologia/noticias/painel-do-tamanho-de-um-laptop-ilumina-zona-rural-da-africa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *